Celine Dion é acusada de ser satanista por linha de roupas infantis sem gênero

E nós a aplaudimos por isso! A polêmica começa com o vídeo de divulgação das roupinhas de bebê, em que um deles aparece vestindo uma roupinha escrito “new order” e Celine Dion dá um discurso sobre os filhos serem “do mundo” e não uma propriedade dos pais. As roupas foram lançadas em uma parceria da cantora com a marca Nununu. A coleção ganhou o nome de Celinununu.

Segundo o site da coleção, que esbanja cores neutras, “Celinununu libera as crianças dos papéis tradicionais de menino/menina e permite que os jovens cresçam sobre valores de igualdade, com liberdade para fortalecer seu próprio poder de personalidade baseado no respeito mútuo“.

Um artigo escrito por Patti Armstrong para o National Catholic Register detalha alguns dos itens que fariam desta uma coleção satânica! “A icônica cantora Céline Dion foi criada como católica, mas sua recém-lançada linha de roupas para crianças com temática da Nova Ordem Mundial indica que ela foi para o lado sombrio“, destaca o texto.”

Parabéns Celine. Bela coleção e linda temática.

Sobre o autor

cardealnegro

cardealnegro

Criador da Igreja de Satã do Brasil, o Cardeal Negro está no topo da hierarquia de nossa igreja.

Deixe uma resposta